A CELEBRIDADE COMO MERCADORIA DA INDÚSTRIA CULTURAL – O CASO RONALDO FENÔMENO

Rosemary Roggero, Mauro Maia Laruccia

Resumo


Este artigo estuda de caso do atleta Ronaldo Fenômeno, discutindo como a indústria cultural converte o indivíduo em mercadoria, à medida que toma determinadas características que o tornam único, atribuindo-lhe valor de troca para associá-lo a marcas e à venda de outras mercadorias.A questão central é: de que forma o fenômeno de transformação de atletas em celebridades - como modelos de sucesso almejados pelos cidadãos comuns - afeta a formação do indivíduo, na sociedade contemporânea?
O objetivo é descrever esse processo das estratégias mercadológicas para entender a perversidade que coisifica o indivíduo ao convertê-lo em mercadoria, por um lado, e se utiliza dele como modelo para a formação de indivíduos, no âmbito da cultura.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN: 1679-9844 
  

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.