APLICAÇÃO DE FERRAMENTAS DE GEOPROCESSAMENTO DE DADOS EM ESTUDOS ECOLÓGICOS

José de Paula Silva, José Eduardo Zaia

Resumo


Estudos ecológicos caracterizam-se por utilizar agregados populacionais como unidades experimentais ao invés do indivíduo. Podem ser aplicados em diversas áreas, mas têm sido utilizados com maior frequência na área da saúde com enfoque epidemiológico. Considerando a essência deste tipo de estudo e que os agregados populacionais estão restritos a espaços geográficos, o uso de ferramentas de geoprocessamento de dados é essencial para o entendimento da dinâmica com que ocorrem os fenômenos epidemiológicos bem como determinação de áreas de riscos e vulnerabilidade. Com base em levantamento bibliográfico realizado sobre os estudos do tipo ecológico no Brasil nos últimos cinco anos, pode-se observar que o uso de Sistemas de Informação Geográfica – SIGs tem sido insipiente. O Terrraview foi o mais utilizado, seguido pelo ArcGis. Embora ambos permitam a análise exploratória de dados espaciais – ESDA, esta abordagem encontra-se presente em cerca de apenas 25% dos artigos encontrados.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN: 1679-9844 
  

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.