O ENVELHECIMENTO DO PRÓPRIO CORPO E AS PERCEPÇÕES DAS MULHERES DA PRAIA DE GRUSSAÍ SÃO JOAO DA BARRA-RJ

Jackeline Barcelos Correa, Sheila Campos de Souza, Priscila Barbosa Brunelli, Shirlena Campos de Souza Amaral

Resumo


Este relato de pesquisa de natureza qualitativa teve como objetivo analisar as percepções e vivência de mulheres de 60 a 70 anos acerca de seus corpos, considerando a perspectiva de envelhecimento. Sua efetividade se deu no grupo de convivência de idosas moradoras da praia do município de São João da Barra-RJ. O material empírico foi obtido por meio de entrevistas individuais semiestruturadas e diálogos reflexivos por causa do isolamento social devido a pandemia mundial, atendendo as orientações do distanciamento social, e as normas de segurança com o devido uso de máscaras para evitar a contaminação, envolvendo 8 mulheres idosas. Como metodologia tomou-se como base a análise de discurso amparada pelos estudos do (FIORIN, 2005). Os resultados apontam que algumas idosas veem seus corpos como frágeis, modificados, debilitados, doentes e feios, trazendo-lhes vivências negativas. Já outras demonstram satisfação com sua dimensão corporal, percebendo-a ainda bonita e conservada para a sua idade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN: 1679-9844 
  

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.